adizero adios Boost

adizero adios Boost
Ao longo de 2013, a adidas apresentou ao mercado de corrida tecnologias inovadoras, como o Boost™, elaborada através de cápsulas que liberam energia, e a tecnologia de lâminas de polímero individuais, aplicadas ao tênis Springblade, primeiro do segmento esportivo.

Com o objetivo de incentivar atletas profissionais e amadores, garantindo o conforto e performance durante cada treino e prova realizada, a marca busca, cada vez mais, melhorar os produtos oferecidos aos seus consumidores. Visando essa melhoria, a adidas apresenta o produto mais rápido da Família Boost, o adizero adios Boost.

Conhecido por ser o calçado de quebra de recordes – o queniano Wilson Kipsang calçava adizero adios quando venceu a Maratona de Berlim este ano, na época, batendo o recorde mundial -, o tênis mais rápido da adidas ganhou a tecnologia Boost, e virou adizero adios Boost. Muito utilizado em provas internacionais e indicado para corredores com pisada neutra, o produto agora conta com o melhor retorno de energia em seu solado. A leveza do adios Boost se une a energia ilimitada da tecnologia BOOST™.

O cabedal do tênis conta com a tecnologia SPRINTWEB, uma leve construção de mesh que oferece suporte, conforto e garante a respirabilidade aos pés dos corredores. Para manter uma transição suave entre os dedos do pé e calcanhar, o tênis usa a extended TORSION® SYSTEM. A sola QUICKSTRIKE diminui o peso do calçado e aumenta a flexibilidade e durabilidade do mesmo. Por fim, a Continental™ Rubber oferece mais aderência e durabilidade contra o alto desgaste.

O adizero adios Boost já está disponível nas lojas adidas e no e-commerce da marca, com preço sugerido de R$ 499,90.

A tecnologia BOOST™

O sistema de amortecimento BOOST™, composto de milhares de cápsulas que liberam energia a cada passada, foi elaborada em parceria com a empresa química BASF, para responder à força exercida pelo atleta ao correr nas mais diversas superfícies – desde grama até terrenos desnivelados. A tecnologia foi criada com base em um novo processo de desenvolvimento, onde um material granular sólido (TPU) é transformado em milhares de minúsculas cápsulas de energia que constroem a entressola do calçado. Até 2015, a tecnologia BOOST™ irá substituir o EVA em todos os tênis de corrida da marca.